Em Comidas

Vinho Verde - Uma nova experiência


Pouco conhecia e ainda pouco conheço sobre um dos assuntos mais comentados no mundo gourmet: VINHOS. Viver em Portugal ajudou-me imenso a conhecer e apreciar mais esse mundo tão rico.

Bons vinhos a preços acessíveis (a partir de €2,00) são encontrados em todo lado e o hábito de beber vinho é realmente comum nas casas portuguesas. Uma descoberta que tive em terras lusitanas foi o vinho verde. Conhecia vinho tinto, branco e rosé, mas verde não. E adorei!

Vinho Verde Ponte de Lima

Um vinho naturalmente leve e fresco, produzido na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, no noroeste de Portugal. Com baixo teor alcoólico, e portanto menos calórico, o vinho verde é um vinho frutado, fácil de beber, óptimo como aperitivo ou em harmonização com refeições leves e equilibradas: saladas, peixes, mariscos, carnes brancas, tapas, sushi, sashimi e outros pratos internacionais.

Assim o é descrito pelo CVRVV (Comissão de Viticultura de Vinhos Verdes). É possível saber mais sobre o este vinho único no mundo em Vinho Verde.

Uma curiosidade segundo o site, é que embora a sua exportação fosse ainda muito limitada, a história revela-nos, no entanto, que terão sido os «Vinhos Verdes» os primeiros vinhos portugueses conhecidos nos mercados europeus (Inglaterra, Flandres e Alemanha), principalmente os da região de Monção e da Ribeira de Lima.

Uma sugestão de vinho verde é o Muralhas. Gosto muito de bebê-lo com uma posta de peixe assado ou com sashimi.

Um abraço de Lisboa.
Debora Midori

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Postar um comentário