Em Notícias Viver

Xenofobia entre brasileiros e portugueses

Outdoor do partido PNR em Portugal? Precisa disso?

Não é de hoje que escuto e leio reclamações de brasileiros sobre o tratamento recebido em Portugal. Casos de xenofobia são fáceis de serem encontrados no Google, mas somente quem sofreu na pele sabe o que sentiu. Cada um relata da sua maneira o ocorrido, às vezes um simples gesto, uma simples palavra, outras vezes chega ao extremo de agressão física e verbal.

 Eu mesmo já fui vítima em Portugal na praça de alimentação do shopping, ao tentar ser enganado em uma conta, ouvi o termo "tinha que ser brasileiro mesmo!". Respondi com um sonoro "sou português também, e daí?", virei às costas e fui embora. Nada mais.

Não estou aqui para defender ninguém, pois acho que toda forma de discriminação e agressão deve ser banida e punida, mas enquanto o mundo não for perfeito, teremos que nos adaptar para conviver da melhor maneira possível afinal, tudo que passou, passou.


Mas será que nós não provocamos certas situações ao querer empurrar alguns hábitos e costumes de nossa cultura, diria até de nossa educação, a um povo que nos considera "de fora" por não termos nascido naquele país? De uma maneira geral, o povo português é bem acolhedor e receptivo, mas em toda situação de disputa, sejam eles ou nós, sempre tentaremos ajudar aos nossos. Um exemplo seria uma situação de emprego entre um local e um estrangeiro, ambos com a mesma competência. Você deixaria de dar emprego para seu conterrâneo?

Aí entram outras colocações. Ouvir funk carioca em Portugal aos altos brados não seria uma afronta aos locais? Se nem mesmo no Rio de Janeiro, o funk é unanimidade entre todos, ainda mais quando se escuta em alto volume, seria no estrangeiro essa situação bem vista? Seria falta de educação? Creio que impor seus gostos a outra pessoa sem lhe dar a oportunidade de escolher é falta de educação em qualquer local do mundo.


Imagem de http://piadadeportuga.blogspot.com.br/

Além do que nos é passado no colégio sobre a exploração portuguesa durante a colonização do Brasil, o que nos torna antipáticos aos lusos desde crianças, o fato de ouvirmos e muitas vezes contarmos piadas de português, denegrindo a inteligência e a capacidade de discernimento de um povo não nos torna xenófobos?

Casos como o da rede de restaurantes Habib's que fez uma propaganda infeliz com a comunidade portuguesa ou do programa CQC da rede Bandeirantes de televisão onde um humorista ficou caçoando dos portugueses presentes na Eurocopa. Será que retaliar nos torna superior? Ou será que nos torna mais baixos?


Agora em que a situação se inverte, onde muitos portugueses estão vindo ao Brasil a trabalho, como será o tratamento que daremos a eles? Se você procurar na internet não falta pessoas que falam em retaliação, lembrando casos como o dos dentistas brasileirosproblemas de equiparação de estudo e profissão e por maus tratos, humilhações ou desprezo sofridos em função de serem brasileiros em Portugal.

Eles (os portugueses) não precisavam de nós e nos aceitaram. Nós já os aceitamos a várias gerações, só que o perfil do português que imigra hoje para cá é diferente de outros tempos. Ele é letrado, capacitado a exercer bons cargos, fala vários idiomas. Precisamos deles? Estaremos deixando de dar aos nossos para dar a eles? Será que devemos aceitá-los? Cada situação é única e deve ser tratada como tal. Ninguém conseguiu unanimidade em nenhum momento da história humana.

Imagem de http://uipi.com.br/

Meu pai é português. Veio para o Brasil em 1960 e vive aqui até hoje. Não troca o Brasil por Portugal e diz que aqui é a casa dele. Não é esse tipo de pensamento que esperamos criar nessa geração que chega e fazer com que ela passe adiante em sua terra natal? A população de Portugal é similar a do estado do Rio de Janeiro. Acho que sobra muito Brasil para recebermos nossos amigos portugueses, não é mesmo? Que essa geração seja bem-vinda e lembrem-se do princípio de reciprocidade no futuro.

Vamos renovar! Um abraço,

Francisco
Conexão Portugal

Postagens Relacionadas

46 comentários:

  1. Francisco, muito interessante seu texto. É bem verdade que por causa de alguns brasileiros mal educados, outros pagam o pato. Minha prima mora em Portugal a quase 6 anos, e já a vi chorar várias vezes por sofrer preconceito. Se eu parar pra contar os portugueses que conheço no brasil... uns 4. Donos de lojas, padarias etc. Nenhum mal educado ou grosseiro. Acho que o preconceito não é uma questão de cultura, mas sim de educação. Alguns brasileiros são preconceituosos, mal educados, e grosseiros, alguns portugueses também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Aliás os portugueses que vivem no Brasil em geral são muito receptivos e sabem que não estão em seu país, mas no nosso, que os acolheu como se estivessem.
      Já em Portugal há um espírito de disputa entre imigrantes (de qualquer nacionalidade) e naturais creio que muito em função da recente imigração ilegal. Pessoas que se sujeitavam viver em Portugal em situações péssimas e de maneira ilegal acabavam por baixar o valor de mão de obra, fazendo com que o trabalho de um local fosse visto como caro e gerando desemprego ou menor remuneração. Além disso, por ser ilegal, se perdesse o emprego era difícil conseguir outro e não são raros casos em que o imigrante acabasse se tornando um delinquente.
      Se você conhecer uma associação de apoio a estrangeiros irá ouvir várias histórias tristes, infelizmente.
      Acho que isso foi uma fase de adaptação. Hoje quem imigra, imigra consciente do que vai encontrar. Os ilegais já não estão interessados em ir para Portugal pois viver lá com o atual nível de desemprego não os fará atingir seus objetivos que normalmente é fazer um "pé de meia" para retornar ao país natal. Talvez isso venha a mudar o relacionamento dos portugueses com os demais imigrantes.
      Espero melhoras para que sua prima não tenha que chorar mais por esse motivo!
      Um abraço,
      Francisco

      Excluir
    2. MOREI UM BOM TEMPO NO FUNCHAL, MADEIRA....

      O PRECONCEITO CONTRA BRASILEIRO, É NA REALIDADE BEM "ECONÔMICO, OU SOCIAL "...

      NUNCA ME TRATARAM MAL, MUITISSÍMO PELO CONTRÁRIO....FIZ ETERNOS AMIGOS....

      FALO APENAS POR MIM, JÁ QUE ESTAVA LEGALIZADO E EMPREGADO.

      Excluir
    3. Gostei do texto, Xenofobia existe no mundo todo, em portugal quando os brasileiros se juntam ouvindo funk madrugada fora, cai mal, afinal não temos esse costume e respeitamos os vizinhos, somos um povo educado no geral, assim como os barsileiros, mas por causa de meia duzia, a pintura estraga, no entanto no geral acho que os brasileiros são muito bem recebidos em portugal, aliás, portugal ama o brasil, sempre foi assim e depois de passar a escrava isaura isto ainda se tornou mais evidente. quando portugal não vai á copa ou é eliminado, praticamente todos os tugas torcem pelo brasil, isto é facto. Eu como português no brasil, onde cheguei há 8 anos(antes da crise) com 500 reias no bolso, aqui me deixaram trabalhar, aqui me deixaram crescer e hoje estou muito bem(em portugal jamais teria conseguido) sou casado com brasileira, tenhos 2 filhos brasileiros e o brasil para mim já é o meu país, portugal só de férias. Estou muito grato ao Brasil de verdade, claro que por vezes me chateia uma piada ou outra, mas não devemos levar a sério. O Valor que o brasileiro dá ao trabalhador português é uito grande, somos muito bem vistos aqui no brasil quando se trata de trabalho e competencia, só tenho a agradecer por tudo a este Brasil Maravilhoso.

      Excluir
    4. Bacalhau do tuga, deves ser tanto português como eu sou chinês. Deixa-te de mentiras.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Infelizmente, pessoas boas pagam pelos atos de outras. Embora, na minha opinião, isso não se justifique. Parece que em Portugal, em muitos casos, o problema é mesmo relacionadao a educação, ou seja, falta dela. É importante que o brasileiro entenda que não tem que suportar esse tipo de tratamento discriminatório gratuito, afinal, a ordem mundial mudou. Temos que continuar melhorando a nossa alto-estima, porque Europa e EUA já não têm a mesma situação e o mesmo status. Não digo que nos sintamos superiores, porque não acredito neste tipo de orgulho, é ridículo, mas, nos sintamos apenas cidadãos do mundo como qualquer outro, com direito a sermos respeitados, como qualquer outro.


    Andréia

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto!! Sou brasileira, e estive em Portugal por alguns meses. Já estive nos cinco Continentes. De todos os países que visitei, sem dúvidas nenhuma, Portugal é o meu preferido. Adoro desde as belas paisagens, a culinária, a história e claro o povo. Sempre fui tratada pelos lusitanos, com muito respeito e carinho. Por isso sempre digo, que meu coração é brasileiro, minha alma é portuguesa. Amo de paixão os dois países.

    Cátia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou neta de portugueses, tenho orgulho dos meus avós, de como lutaram para se estabelecer aqui no Brasil, criar os filhos e viver honrosamente. mas, sinto vergonha e desprezo pelos portugueses que agrediram moral e fisicamente pessoas que conheço. nada justifica o que fizeram. ofenderam pessoas decentes e espancaram o filho de um amigo. Adoraria não ver mais bolsas sendo concedidas para Portugal.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Concordo em parte com tudo que foi dito aqui,,,vivi 5 anos la e uma coisa lhes digo e mais facil um Portugues ajudar um Brasileiro do que um Brasileiro ajudar o outro,,,mais logico toda regra existe excecao...Por tanto tudo e a questao da educaçao e o brasileiro realmente e espaçoso...Por tanto quem quer respeito tem que dar...e preconceito existe em todo lado,,,ate mesmo em um novo emprego com coelgas da terra...As pessoas se preocupassem mais com a propia vida e parassem de falar o que pensam sem conhecer ajudaria muito para uma sociedade pacifica,,,#Fica a dica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Sandra! Ainda mais nesses tempos difíceis de crise, é muito fácil olhar para o quintal do vizinho e não reparar no seu.
      Temos que deixar diferenças e preconceitos de lado. Respeito é bom e todos devem dar e receber!

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Educação é uma via de duas mãos,Portugal e Espanha são a bola da vez na crise, infelizmente para eles!Mas isso não é por acaso,são inapetentes para resolução de problemas de forma rápida e concisa,não tem essa capacitação que estão afirmado,falar varias linguás não é diferencial e sim é pré-requisito sendo no Brasil ou Europa,trabalho com logística internacional,fiz meu DR na Bélgica,fiquei 2 anos,andei bastante pela Europa,fiz turismo e trabalhei em seminários pela Universidade de Mons,pude constatar que ambos,Portugueses e Espanhóis são ótimos para comer,filosofar e beber mais para trabalhar não é bem assim,os realmente capacitados estão procurando trabalho na Bélgica,Inglaterra,Alemanha,os que vem para cá geralmente são os profissionais menos capacitados,universidades Portuguesas e Espanholas não são muito melhores que as nossas,pelo contrario.Quem tem bolsa de Doutorado sabe.Não credito que esse tipo de mão de obra seja o que precisamos no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei chocado com essa visão tão redutora e mentirosa, é caso para falar ¨fala sério¨ o ensino no brasil é dos piores do mundo(fato comprovado ). em portugal as escolas publicas ou não são em tempo integral precisamente por os pais terem de trabalhar. me desculpe mas vc é um caso evidente de xenófobia, e fala do que não sabe, vc é muito ignorante.

      Excluir
    2. Eu moro em Portugal e comprovo isso...além do que as Universidades Públicas Portuguesas são pagas, os alunos "chumbam" como falamos no Brasil bombam e muito, são preguiçosos ( não todos) falam e escrevem mal (não todos), concluindo, não somos piores nestes aspecto. Aspecto bom de Portugal saio de casa e deixo as portas abertas...as praias são lindas e mais limpas, também temos que verificar o número de pessoas que frequentam...outro ponto negativo, a população esta envelhecida, os jovens que há estão indo embora...

      Excluir
    3. Que grande mentira! Os brasileiros em Portugal têm fama de preguiçosos e não é por acaso. Têm o hábito de faltar muito ao trabalho, os estudantes são pouco assíduos e empenhados. Chumbam repetidamente porque apesar de falantes nativos da língua portuguesa não conseguem ler e escrever correctamente um texto académico ao contrário de alunos de outras nacionalidades que nem dominam a língua. Não seja mentiroso!

      Excluir
  8. O problema eh essa diferenca de classes que ocorre em paises do terceiro mundo,pois uma pessoa q vai pra portugal a estudo tem mais consciencia do que um que vai a trabalho bracal.Nao podemos generalizar mas eh regra pra o mundo todo.Pessoas do mundo todo gostam de gente educada.Entao cabe a pessoa mostrar seu valor independente da nacionalidade.Se vc eh discriminado soh ha 2 saidas:denunciar ou ir embora.Mas isso nao acabara nunca pq o preconceito esta em toda parte,todo lugar senao hitler nao teria tentado exterminar os judeus que na epoca muitos eram ricos e bem sucedidos,brancos e de olhos azuis.
    Mas ele achou um jeito de por em pratica seu preconceito e pronto foi feito o estrago.
    Vamos fazer como os asiaticos que eram discriminados mas estudaram,correram atras e agora estao por cima,ao inves de ficar lamentando o preconceito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Portugal é um país do terceiro mundo? Precisa de estudar mais, meu caro.

      Excluir
  9. Para mim, eles são mau-educados. Que mande os brasileiros de volta, e nós que mandemos os portugueses de volta. O que não dá para fingir mais é que nós bem tratados lá, nunca fui lá, nem quero ir. entristece-me como brasileiro sabe que meu povo é tratado lá como analfabetos, idiotas, prostitutas. Sei que o Brasil é um caos, mas temos de tudo para melhorar, basta nosso povo eliminar essa corja de políticos de merda que domina o país, a solução é essa, não ir morar em outro país e passar humilhações, se nosso governo não fosse tapado, faria alguma coisa pelos brasileiros em Portugal. Queria ver se tratássemos os portugueses como eles nos tratam lá, se o governo deles não fariam nada?... Por mim, deportem-nos daqui. Quem perder são eles. Afinal são 2 milhões de portugueses aqui contra 200 mil no máximo de brasileiros lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O brasileiro é muito bem tratado em portugal, agora se quer respeito, se dê ao respeito, isto se aplica em todos os lugares com todos os paises. qualquer estranjeiro que não respeitar o modo de vida local não vai ser bem tratado, seja ele um brasileiro em portugal, um portugues no brasil ou um americano em londres. Temos que nos adaptar e respeitar a casa onde estamos, básico da boa educação, felizmente a maioria dos brasilieros em portugal são educados, respeitam e são respeitados, mas depis aqueles espaçosos que fazem algazarra madrugada adentro nao respeitando nada nem ninguem, esses sobressaem e depois dizem que foram maltratados, tenham paciencia.

      Excluir
    2. um brasileiro chega a portugal, abre conta no banco, recebe cartão de credito e nem precisa de ter visto para isto9basta o de turista), o portugues chega no brasil, nao pode abrir conta no banco, nao pode ter carteira de trabalho etc,etc,etc.

      Excluir
    3. Interessante, tenho um amigo português que foi ao Consulado brasileiro em Portugal, dentro do espaço de 20 minutos pegou número do CPF, veio na semana seguinte regularizou o CPF na RF, tinha a empresa esperando para terminar de legalizar a entrada, ja esta trabalhando e feliz da vida...agora se vc acredita que em Portugal vc vai chegando e fazendo tudo isso...coitado, vai sonhado, tudo o que consta em comentários aqui a respeito de xenofobia é real, brasileiro em Portugal não é bem quisto a não ser que vc tenha muiiiiiiiiito dinheiro pra gastar aqui...e mesmo assim ainda falam mal de vc, diz que vc roubou ai pra vir pra cá...as brasileiras são TODAS tidas como prostitutas ( não se engane todas eles agem desta forma mesmo). Falam mal do Brasil o máximo que podem mas a noite vão dormir debaixo do Túnel do Marquês como muitos no Brasil dormem neste mesmo estado...falam que brasileiro é preguiçoso, mas aqui são mais ainda...escrevem mal pra carambaaaaaaaaa....escrevem fos-tes, fala-tes, quises-tes..afffff isso é geral...depois querem falar mal da gente???..ora bolas o sujo falando do mal lavado, vamos combinar...o Brasil esta longe de ser perfeito mas aqui não esta nada melhor....5 anos de casa..tenho dito!!!!

      Excluir
  10. Vc precisa se informar! As faculdades deles estão sucateadas! Estão vindo para cá por desespero! Nós é que não precisamos deles e eles sabem disso: por isso o ódio todo! Deixe de pensar como um colono e analise melhor a conjuntura em que vivemos!
    A culpa, me desculpe, não é dos brasileiros! Nunca vi ninguém no Brasil justificar a agressividade aos portugueses por eles ouvirem Fado alto domingo de manhã em suas casas (e, sou de família de portugueses e cresci em comunidade portuguesa então sei que TODOS fazem isso por aqui).
    Se não está preparado para conviver com diferença cultural deve fechar-se! Agora se dependem do capital externo (e hj eles estão sobrevivendo em grande parte do turismo de brasileiros) aprendam a tratar bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente... mas brasileiro é colono... esta terra não é de ninguém aqui... ela é dos índios. fora quem não respeitar o índio, independente de onde nasceu.
      O que é quase todo o mundo! Começando pelo governo brasileiro!
      Além disso, entenda a estatistica: mais de 50% dos brasileiros tem sentimentos anti-estrangeiro (ainda que ás vezes seja seletivo no seu anti-estrangeirismo... uns só não gostam de portugueses, outros só não gostam de argentinos, outros não gostam de bahiano, o que também é xenofobia...ou de Indio!).
      Aí quem é xenofobo, fica justificando sua xenofobia do mesmo jeito dos xenofobos de lá. Se você fica falando mal de um povo, você é xenofobo e ignorante, e não tem justificação.
      Morei em dois países europeus, nos estados unidos e canadá e agora no Brasil posso dizer por experiência: tem de tudo em todo o lado. Tem até imigrante que sofre xenofobia e chora, mas também é xenofobo com outras nacioalidades no pais onde mora!
      Mundo de gente estupida!

      Excluir
    2. Falou tudo agora. Portugueses vivem do turismo brasileiro,dos investimentos das empresas braisleiras (lideres em investimento por lá), do dinheiro dos alunos brasileiros de mestrado e doutorado e ainda reclamam. Nós os sustentamos, damos de comer e eles nos insultam. Povo ingrato! Não me admira que estejam na crise e na miséria!

      Excluir
    3. Vocês estão cheios de ódio e ignorância! Portugal é dos países mais acolhedores do mundo.
      Portugal não vive do turismo brasileiro (que nem sequer representa a maior fatia) e nem dos investimentos das empresas brasileiras que praticamente não existem cá.
      Os alunos brasileiros em Portugal raramente seguem para o ensino superior porque não conseguem média para entrar numa universidade pública. Quantos aos mestres e doutores brasileiros só tenho a dizer que é mais fácil encontrar uma agulha num palheiro do que um brasileiro com esse grau académico em Portugal. Tenha vergonha na cara e vá aprender mais sobre Portugal antes de vir debitar mais disparates para a internet.

      Excluir
  11. pois é... mal educados existem em todos os lugares. eu sinto vergonha de brasileiros que aprontam em qualquer lugar, mas sinto horror por qualquer pessoa que agride alguém por sua nacionalidade, cor, raça. sexo, opção política, sexual ou religiosa... ouvir musica desagradável alto é desculpa para xenofobia?

    ResponderExcluir
  12. Quantos comentários desnecessários... Sabe qual o problema? Educação e respeito ao direito do próximo. O seu direito acaba quando o do outro começa! Simples assim. Escutar música alta é irritante em qualquer lugar do mundo! Mas também não é nenhum motivo para perseguição! Chama a polícia e invoca a lei do silêncio, simples (isso se já passou pela fase da conversa de vizinho).

    Sou neto de portugueses e filho de uma portuguesa e nunca passamos por problemas com as questões culturais. O lema sempre foi o de respeito a vizinhança. Seja quem fosse!!!

    Hoje tenho amigos portugueses e nos damos muito bem, e um valoriza o que o outro tem de melhor. Adoram nossa cultura, variações de sotaques, comidas e paisagens. Assim como gosto das mesmas coisas ao inverso. Estrangeiro sempre pensa como turista, seja qual local for. Se oferecer emprego bom, qualquer pessoa quer, se só tem miséria e bandido, quem quer?

    As vezes leio cada cretino, que eu penso se a pessoa tem um mínimo de visão histórica não deturpada, análise crítica real ao nível social e econômico para dizer tanta bobagem...

    Note que brasileiro criou uma xenofobia interna, vide SUL-SUDESTE x Nordeste...
    O Brasil é um país colônia, sempre foi e continua sendo!!! Não tem uma família que não teria que mandar alguém de volta para outro continente, seja africano, europeu ou asiático!

    Os únicos cidadãos que ainda acham que são melhores são os americanos, o resto do mundo já sabe que todos são iguais.

    Escolas boas Portugal tem de monte, o Brasil se conta nos dedos! #FATO.
    Emprego bom, o Brasil tem poucos, mas pagam bem para quem é bem formado, inclusive os portugueses. O patrão quer gente bem formada, seja aqui ou lá.

    Portugal passa um problema de gestão e de população que todo país passará cedo ou tarde, além de sofrer pressões da UE sendo um país pequeno, e que teve de abandonar muitas de suas indústrias e outros para se manterem na UE. A UE só é boa para os grandes, os outros se tornam vassalos da pressão dos nortistas, principalmente!!!

    ResponderExcluir
  13. Salutares os comentários aqui postados. Parabéns ao "Conexão Portugal" por tal iniciativa.
    Se me permitem, apenas uma pequena reflexão:
    - Quando alguém nos têm em pouca monta, qualquer que seja o motivo, a atitude mais nobre é justamente agirmos com a melhor educação, cortesia e respeito, deixando que estes nossos atos acabem por mudar a opinião que o alheio tem de nós e ,então, coexistirmos civilizadamente.
    E, fazendo um 'mea culpa' nós, brasileiros, não somos lá muito respeitosos nem entre nós mesmos. Claro, refiro-me ao comum dos casos.
    -Basta observar: além dos sons muito altos, por vezes pornográficos, também desrespeitamos os outros ao jogar lixo nas ruas, estacionar sobre calçadas ou estacionar ocupando mais de uma vaga, ou em vaga de deficientes ou de idosos; descumprir leis de trânsito, em especial os motociclistas; sobrepor nossa voz a do interlocutor; não darmos a vez a idosos, deficientes e mulheres grávidas em ônibus, trens, metrôs e mesmo na passagem de uma porta; desprezarmos a correção no falar e no escrever; acharmos que a pessoa honesta é otária e, enfim, acharmos que a prepotência ou a pretensa situação de eternas vítimas cobrirão os nossos defeitos.
    -Reforço: refiro-me ao comum dos casos.
    -A violência vem aumentando e, certamente, está relacionada a falta de respeito aos outros (falta de educação de berço). É um fato perceptível em todas as classes sociais indistintamente.
    Então, ao invés de ficarmos reclamando contra 'xenofobias' reais ou não, o melhor é nos tornarmos melhores, mais respeitosos, mais educados, mais gentis, mais corteses. É uma mudança comportamental cujos resultados repercutirão no conceito que outros povos tenham de nós, mas principalmente no que nós verdadeiramente somos e, com certeza, assim seremos uma sociedade melhor.
    Nós, brasileiros, temos uma virtude importante para conseguirmos tal mudança: o hábito de vencermos adversidades. Estamos acostumados desde cedo a lutar contra muitas adversidades durante a vida. É um bom ponto de partida para começarmos a melhorar nossa educação pessoal. Quem sabe, um dia também coletaremos o lixo deixado por outros nos estádios de futebol, em respeito ao povo que nos acolheu, igual nos fizeram na última copa os orientais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fascinante esta última colocação. Sou brasileiro, neto de português e alemão, e em raríssimas vezes vi uma redação sobre o respeito e boas atitudes este amigo esta de parabéns, pois sempre pensei assim e fui criado para agir da mesma forma. Tanto que penso em morar no estrangeiro e até me sujeitar a possíveis atos de xenofobia em comparação com atitudes de muitos brasileiros onde o que impera é o individual, a prepotência, o desrespeito e a falta de cidadania, claro que não falo de todo o brasileiro, pois temos uma boa parcela de pessoas educadas e sociáveis, mas também temos uma parcela (e grande) que é de chorar...

      Excluir
  14. Não entendo tanta animosidade para com os Portugueses

    ResponderExcluir
  15. http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/alunos-denunciam-preconceito-na-universidade-de-coimbra-11263679

    Este endereço esta mais completo.

    ResponderExcluir
  16. Se acham que o pior lugar para se viver é o Brasil e todos os brasileiros merecem ser tratados como lixo e bem justificado(como vocês mesmos garantem que é), por que se torturam tanto neste lixo de pais(ou colonia) como tantos afirmam, por que não voltam para aquilo que acreditam ser a vossa "VERDADEIRA PÁTRIA"; e PAREM DE FICAR CUSPINDO NO PRATO EM QUE OS VOSSOS PAIS COMERAM QUANDO PRECISARAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que esse seu discurso poderia ser utilizado para os brasileiros em Portugal?

      Excluir
  17. Eu sou português e sofro todos os dias, com humilhações na escola e em lojas, mudei para me adaptar, mas não adiantou me idêntico com o Brasil terra de minha mãe mas amo Portugal de certo modo vai ser difícil adquirir meu sotaque e maneiras de antes a xenofobia é um medo

    ResponderExcluir
  18. Portugual é tao bom que os portugueses estao indo mora em Angola kkkkkkkkkkk (risos) Tao bom que é um pais de imigraçao O Brasil nao presta mais estao vindo pra ca kkkkkkkkkkkkkkkk (risos) Esse texto é muito fantasioso Voce quer diser que todos os imigrantes portugueses sao iletrados nao to vendo isso conheço portugueses padeiros , garçon , pedreiro O Brasil nao precisa da mão de obra portuguesa , Segundo o Ministerio da relaçoes exteriores o pais que o Brasil mais concede visto de trabalho é para os Estados Unidos ( vem trabalhar nas empresas americanas de Petroleo , industria etc) seguido por paises do Mercosul Argentina , Chile , Uruguay na Europa Espanha Alamenha e Portugual ou seja nao falta mao de obra complementa qualificada , se voce fala que o Brasil precisa da America do Sul eu digo que sim Porque vendemos produtos industrializados para eles :carro, televisores , celulares e recebemos mao de obra qualificada dos vizinhos digo o mesmo dos Estados Unidos e China agora de Portugual , sou brasileiro de origen Alemã por parte de pai e portuguesa e negros de mae , Os alemães me tratam como alemao ou seja nao sou tratado como extrangeiro , agora em portugual ele sao problematicos , mais prefiro a Alemanha é claro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (risos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu coloco a mesma questão às centenas de brasileiros em Portugal. E meu caro, os brasileiros em Portugal são trabalhadores sem qualificações!
      Os alemães tanto o tratam como alemão,como o tratam como um emigrante que só lhes vai roubar emprego. E só para que saiba, a minha mãe é alemã e sei o que falo. E lá, pessoas com complexos de superioridade racial e nacional são corridas a pontapé. Ninguém quer xenófobos e racistas lá, ainda por cima estrangeiros. Enxergue-se primeiro! Chega até a ser cómico a sua ignorância.

      Excluir
  19. Todo brasileiro geral é discriminado em Portugal, ao menos que sejas jogador da bola!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TATA AVANCI, isso é mentira.Ponto.

      Excluir
    2. Isso é uma grande mentira! Não fale do que não sabe.

      Excluir
  20. Olá! Desejo a todos, um ótimo Ano Novo!

    Gosto de ler as postagens, para ter idéia de como são alguns países. Principalmente, Portugal e Espanha.

    Observei que há entendimentos divergentes, quanto a forma de tratamento de portugueses em relação a brasileiros.

    Todavia, respeitando a opinião de todos, penso que, atualmente, não há pior país para morar que o Brasil. A criminalidade tomou conta, onde não temos segurança alguma. A saúde (para quem depende do SUS), a segurança e a educação antes já parcas, hoje é inexistente. Enfim, todas as instituições estão falidas, em face da constante roubalheira, que vem de cima para baixo – dos Três Poderes.

    Assim sendo, como sou aposentada de uma Secretaria de Estado, com renda razoável, após muita pesquisa, pretendo residir penso em Portugal, sob forma de revezamento. Ou seja, ficar 6 meses em Portugal e 6 no Brasil,por ter filhos aqui.

    Não quero trabalhar, mas sim, aproveitar a minha aposentadoria. Portanto, se eu gostar de Portugal fico, se não gostar, mudo para outro país. Há inúmeros países que adoram receber aposentados, com boa renda...

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Sinceramente.. Esses comentários negativos para que? Ficam falando que Portugal é isso, Portugal é aquilo.. Isso é preconceito porra. Para os brasileiros os portugueses não passam de um povo mal educado, grosso, burro e preconceituoso.. Bem se enganam! Portugal é de longe melhor que o Brasil. Tudo em portugal é melhor. Clima..povo..educação.. Talvez so perca pela oportunidade de emprego, mas enfim. 80% destes comentarios que eu li, sao brasileiros reclamando de Portugal. E claro, sem razão alguma!! É muito fácil falar que os outros falaram que sofreram em Portugal. Mas cade provas? Cade a sinceridade das pessoas? O que elas ganham inventando isso? Eu nunca vi nenhum brasileiro ser mal tratado em Portugal, muito pelo contrário, vejo eles serem tratados com muito respeito e um certo carinho, pois brasileiro é quase igual a portugues. Podem mudar alguns costumes e habitos, mas em personalidade e lingua, é igual. Devo falar também que nunca vi português a ser mal tratado em Brasil. Mas por favor, chega dessa poha de preconceito! Somos todos seres humanos, e falamos a mesma lingua. Não tem por que essas brigas. Não entendo o que esse Andre quer não, que comentou algo sobre "cada macaco no seu galho", brasileiros no Brasil e portugueses em Portugal, meu, para de ser otario e revoltado. Porque nao volta vc pra ppk de sua mae, afinal vc veio de la, e nada mais esta fazendo que poluir o Mundo com essa sua maneira de pensar! Somos todos humanos, somos todos inteligentes, somos todos portugueses (linguagem) chega dessa xenofobia. Estamos todos aqui para o mesmo, viver o melhor que podermos, ser felizes e envelhecer ate morrer. Portugal não maltrata ninguem, Brasil não maltrata ninguem. Apenas há mais crimes no Brasil, isso é facro.. Mas em Portugal quando há crimes, são violentos e tal. Tudo tem seu lado bom e seu lado ruim.. Agora acabou de falar que Portugal é isso e que Brasil é aquilo, pois sabemos que isso é mentira,já houve preconceito em Portugal sim faz anos quando mulheres brasileiras iam para Portugal se prostituir..poisba maior parte das prostitutas seriam brasileiras, mas isso acabou faz muitos anos. Cada vez mais Portugal ama Brasil, assim como Brasil ama Portugal.. Ambos são paises lindos e fantásticos. Somos Portugal, Somos Brasil. Somos Conexão! Se respeitem ambos!! <3 <3

    ResponderExcluir
  22. A xenofobia começa pela falta de educação de quem aborda quem, antes de falar, pensem, ja fui emigrante em Londres, vivo em Lisboa, trabalho na área do turismo e vejo muito turista a falar Português mas sem o minimo de respeito, arrogantes e mal educados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. A xenofobia é um problema educacional e principalmente de generalização, ao querer extrapolar para toda uma população ou raça alguma característica ruim que você possa ter tido contato com alguém dessa população ou raça.
      Respeite seus iguais. No final, somos todos humanos!

      Excluir