Em Curiosidades Europa

Um pedacinho de Portugal até no leste europeu

Luís de Camões

Que tal encontrar um espaço que oferece um pouco da cultura portuguesa na República Tcheca? Na capital Praga funciona o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua-I.P., ou conhecido somente por Instituto Camões. É diretamente ligado ao Ministério de Negócios Estrangeiros de Portugal e a CPLP- Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Localizado no centro turístico da cidade, situado à rua Josefská 6, no 1º andar do prédio Oettingen em Praga 1. É lá que, no país de língua oficial tcheca, é possível mudar a sonoridade para ouvir a língua portuguesa. Se você quiser saber o que Praga pode oferecer além do Instituto Camões, leia o meu artigo sobre Praga publicado no site SeguroViagem.

Apesar da instituição ser direcionada ao ensino da língua portuguesa diretamente ligada à Portugal, os trabalhos realizados também incluem eventos de características brasileiras, como carnaval com apresentações de samba e frevo. Uma das finalidades é promover a divulgação e o intercâmbio internacional das formas de expressão de artistas da língua portuguesa. Outro ponto é o desenvolvimento e coordenação de formação de professores nas áreas da língua e cultura portuguesas.

As chamadas Rede IC, são pontos de mesmo interesse que divulgam a língua portuguesa em países estrangeiros. Na República Tcheca há a cooperação, por exemplo das Redes IC de Ensino Superior( Universidade Masaryk em Brno, Universidade Karlov e Universidade Palackého em Olomouc), Centro de Língua(O Camões) e a Rede Missão Diplomática(Embaixada).

A biblioteca do instituto dispões de livros de diversos autores, revistas especializadas, além de um acervo de CDs e DVDs, este último não tão vasto. Para ter acesso ao material, basta fazer um simples inscrição com um documento pessoal válido e uma taxa simbólica. É interessante para o público brasileiro encontrar livros de Jorge Amado, Guimarães Rosa, José de Alencar. Autores cujas obras já foram traduzidas para a língua tcheca, e portanto, não desconhecidos por aqui pelo público tcheco.

Durante todo o ano são oferecidas aulas de português com falantes nativos, curso de teatro, além de palestras, exposição de fotografias, audições e pequenos concertos. Como a língua portuguesa é o ponto chave da instituição, isso acaba incluindo eventos que abrangem artistas de outros países, como dito acima, o Brasil, e também alguns países africanos, e com a ex-colônia portuguesa Timor-Leste. Essa relação é chamada de cooperação bilateral e inclue Angola, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Como aconteceu no mês de dezembro do ano passado, com o fotógrafo moçambicano Antônio Cossa com a exposição fotográfica  Sementes, sobre a etnia do norte de Moçambique.    

Para os falantes da língua lusa que vivem na República Tcheca, esses eventos fazem o papel de ponto de encontro entre os nativos e proporciona momentos de descontração, introdução de novas amizades e novas histórias, de pessoas de tão distantes locais morando na bela capital Praga, mas falando a mesma língua.
Nas datas festivas como o Natal, é comum a celebração ser feita para os membros do instituto, com uma festa com quitutes portugueses(como bolinhos de abóbora, arroz doce, mexidos e coscorões), coral com canções natalinas em português e apresentação de teatro de bonecos. Nesses momentos é servido vinho português para os visitantes.

Cada membro do instituto, inscrito através de um simples registro de dados, recebe informações por email frequentemente, com a agenda dos eventos. Cada quinta-feira há exibição de filmes, a entrata é gratuita. Películas portuguesas com legendas em inglês ou em tcheco são exibidas. Os eventos maiores, como exposições e palestras, saõ divulgados também na agenda cultural de cidade, pela página do facebook,  e pelo site oficial de instituição, no endereço eletrônico www.institutocamoes-praga.cz

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Postar um comentário