Em Centro Lisboa Planejamento Porto e Norte Viver

Você já viajou de carro em Portugal?


Já pensou em planejar uma viagem para conhecer as belezas de Portugal ao volante? O que dizer de usufruir de um país com a nossa língua, e das boas estradas europeias? Para conhecer novas cidades é uma maneira de viajar bem atrativa. A liberdade e  o conforto são alguns dos benefícios listados pelos turistas. Vamos seguir os caminhos de Portugal e adentrar na rica cultura lusófona!


Cidade de Coimbra

Há várias opções para desenhar um roteiro no pequeno país, que tal Lisboa- Coimbra - Porto? Saindo da capital, são 320 quilômetros até chegar em Porto, mas as horas durante a viagem são um detalhe que representa a possibilidade de ver paisagens, conhecer com olhos próximos a vida dos locais, e claro, parar onde quiser para entrar em contato diretamente com essa cultura que tem tanto a ver conosco.

Para dirigir em Portugal você pode alugar um carro, inclusive começar o processo de aluguel ainda no Brasil, se você quiser agilizar e já sair motorizado do aeroporto. Cheque todas as informações, como: os preços oferecidos, modelos, vantagens, e muito importante, as regras de limites de velocidade e pagamento de pedágios. Os amantes de motores ágil optam pelos carros esportivos porque as estradas europeias são bem mais cuidadas do que as brasileiras, em muitas regiões.

Seguindo o roteiro

Vamos considerar que você sai de Lisboa em direção a Porto, a cidade de Coimbra é um extra que você vai conhecer no meio do caminho! São cerca de 200 quilômetros distantes da capital, a história de reis portugueses se confunde com o nascimento da cidade. 

A Universidade de Coimbra, fundada em 1290, reflete a tradição acadêmica e por isso conta com uma atmosfera estudantil. Os pátios,  as ruelas estreitas e os arcos medievais são exemplos da sua beleza arquitetônica. Conheça o Pátio da Inquisição, a Sé Velha,  Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, e não a perca de vista, a Universidade mais antiga do país.

De Coimbra até Porto

Ao se despedir de Coimbra siga para Porto, você gastará mais 120 quilômetros, claro que é uma distância que passa rápido, por causa da beleza ao redor, a natureza, as estradas locais, os casarios, são muitos momentos que você vai querer para o carro para fotografar e usufruir de uma viagem em que você determina o tempo de ir e chegar.

Não hesite em comer em uma tasca típica portuguesa, mas deixe o vinho para depois, quando você estiver em Porto, com seu carro estacionado e for descansar as horas de direção no hotel, lembre-se de respeitar as leis de trânsito.



Cidade do Porto a noite

Portugal recebeu este nome devido a esta cidade, sim é lá que você vai poder provar aquele famoso vinho, apreciado no mundo, o vinho de Porto. No centro, os monumentos históricos estão na lista da Unesco e oferecem ao visitante exemplares arquitetônicos da Península Ibérica com seus palácios, pontes e torres.

Descubra os sabores de Portugal na cidade que tem uma rica cozinha à sua espera, no menu você encontra os famosos pratos bacalhau à Gomes de Sá, e tripas à moda do Porto, regados ao vinho famoso da região. 

Há uma listinha de museus que vai levar você ao contato direto com a história local e mundial, como o Museu de Arte Contemporânea, Museu do Vinho do Porto, Museu de Arte Sacra, entre outros.





Para o turista brasileiro é possível dirigir em Portugal durante os seis primeiros meses com a CNH – carteira nacional de habilitação. Tenha sempre com você o passaporte, o certificado de seguro do carro (fornecido pela locadora), documento de identificação do veículo, também fornecido pela locadora.

Evite multas e acidentes, em Portugal não é permitido dirigir com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 0,5 gramas por litro. A multa varia de acordo com com o valor da taxa apurada, podendo chegar até 2.500 euros.

Divirta-se e aproveite um país que está eternamente ligado à nossa história!

E você, já dirigiu em Portugal? Como foi a sua experiência?

Roberta Clarissa Leite também colabora com os blogs Quatro Cantos do Mundo e com o SeguroViagem.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Postar um comentário